Santa MasterCard Claus


Um americano da cidade de Bremerton, em Washington, resolveu protestar contra a "comercialização" do Natal. Art Conrad pregou um boneco do Papai Noel em um crucifixo de 4 m de altura em frente à sua casa.

"O Papai Noel foi pervertido do modo em que ele surgiu", disse Conrad. "Agora ele é uma personagem usada por corporações para nos fazer comprar mais coisas".
O americano também colocou uma foto do Papai Noel crucificado em seus cartões de Natal, com a mensagem "Papai Noel morreu por seu MasterCard", se referindo a cartões de crédito.
Conrad afirmou também que sua atitude é um modo de "cutucar" a política do moralmente correto. Ele acredita que as pessoas não expressam seus sentimentos por ter medo do que outros vão pensar.
Alguns vizinhos dele se sentiram ofendidos, mas o sentimento mais comum foi o de curiosidade. Jake Tally passou por frente da obra, mas preferiu não tentar compreender a mensagem.
"Eu realmente não sei o que pensar. Eu sei que tem alguma relação com Deus, mas o Papai Noel não tem nada a ver com isso", disse Tally.

Deu no Terra

Nenhum comentário: