31 de dezembro, na veia

Um ano inteiro pensando no que pensar no último dia do ano para o ano que vem. O ano que vem é mais importante que esse ano porque ainda não veio, é fictício, é só amanhã. O ano que vem quando começar já estarei com saudade desse ano que passei pensando no que pensar hoje.
Agora é fácil, é só deixar-se levar.
Mas todo pensamento tem uma bifurcação, uma opção, um lado inteiro do cérebro cheio de conexões inverossímeis bajuladoras e eternamente insatisfeitas. "Mas porém contudo" e me fodo sob tais condições.
Vire na próxima à esquerda e terá uma surpresa solitária, complexa e numa camisa de força. Antes que me faça mal, espero brecar o dia e perpetuar esse ano para não ter que encarar tais bifurcações. Putamerda no espocar da cidra cereser.
Então hoje é 32 de dezembro e daqui uma semana será 40.

2 comentários:

Lorena Quadros disse...

Um Feliz 2008 pra vc tmb! E que o ano que chegou não seja nem um pouco fictício!

Gustavo disse...

contar os dias assim fica mais interessante e depois, eu gosto de dezembro, sei lá, gosto de dezembro.

bom 2008 3008 1998 porque no fundo é tudo igual.