A Revista Veja é idiotamente leviana

Atenção, muita atenção ao que escrevem na maior revista do Brasil. Tudo isso é mentira, é como dizer que todo brasileiro é só negro, índio ou branco ou uma mistura disso, ou que todo mundo no Brasil já viu uma onça na calçada ou um macaco no quintal. Ou é assaltante e mora numa favela à beira das Cataratas do Iguaçu ou do Rio Amazonas.

Em resposta (vazia) à Veja, lá vai:
- Eu não moro em apartamento de 20 metros, moro num sobrado e minha tv tem 25 polegadas, acho.
- Nunca ouvi uma música inteira da Ivete Sangalo. Aliás...
- Não adoro samba, só os do Chico Buarque, Cartola e Jorge Benjor. Bossa-nova não é samba, então João Gilberto e Jobim não contam. Traço uma feijoada quando dá vontade e não bebo caipirinha nem urbaninha.
- Não faço trocadilhos. Nem trocadalho do carilho.
- Não faço churrasco todo fim de semana porque metade do ano é inverno. E mesmo que fosse verão, a outra metade continuaria sendo inverno. Nunca ouvi pagode em churrascada, não as que rola sobre o meu carvão. No geral, minhas churrascadas são com roqueiros.
- Meu lixo é clean. Aliás, várias vezes por ano sou fiscal de lixo, num rodízio do bairro. Pra alguma coisa eu sirvo.
- Meu carro não é top de linha da Toyota, mas é um Toyota e já tem 11 anos, porém inteiraço, motor ok, lataria joinha e baixa quilometragem. Nunca tive um Mazda. A Nanci tem um Suzuki, esse sim, zerado.
- Eu amo fazer taissô porque é a única atividade física que rola. O resto é controle remoto, sou um sedentário xiita.
- Eu não sonho em voltar ao Brasil, simplesmente não volto porque não quero e quando volto, me decepciono.

Veja, vai se catar.

Existe uma média comportamental entre os brazucas, claro, mas está longe desse padrão ridicularizante publicado pela revista. Talvez alguns sigam essa norma e se a jornalista Thais Oyama, quando na sua estadia aqui, só entrevistou gente assim, é nítida a profundidade com que a revista se propõe numa matéria comemorativa dos 100 anos de imigração japonesa no Brasil.

5 comentários:

SombradeSonhos disse...

A Veja quer nos deixar cegos (assim como a maioria dos meios de comunicação do Brasil)...

Reis disse...

Por isso ela é a mais lida do Brasil e a quarta mais lida do mundo??? E agora, que o Chapolin Colorado já se aposentou?

pixies disse...

Então não sou esse brasileiro no Japão, não me encaixo em nenhum dos requisitos citados. Thais Oyama? nunca ouvi falar.

rnt disse...

he, gata-gata é foda.

:: Luz :: disse...

Taissô? Não conheço! É algo como o Lian Gong?
Legal, vou procurar saber mais.

"Papos de fãs" hehehe ;o)