Normas

O crime não compensa, tudo bem, mas no dia 21 de fevereiro de 2008 saiu no mundo todo que o Maluf tinha que devolver 700 milhões aos cofres públicos.
Uma das diferenças básicas entre o terceiro mundo e o primeiro é a rua. A rua no primeiro mundo é de todo mundo, todo mundo cuida, zela. No terceiro, não é de ninguém, cuspe, chiclete, pneu velho e merda do totó.
A rua é pública. Os cofres também.
Sabe quando ele vai devolver? Diz a norma que é no dia 7 de março de 2008. Diz.
Naturalmente, o crime não compensa pra quem não é criminoso, pedro bó.

A Veja torrou uma nota preta pra fazer uma capa preta com o perfil do Fidel e os dizeres: JÁ VAI TARDE. Isso é amor, minha preta.
Apesar de passar a maior parte da minha vida sendo um homem de esquerda, nunca gostei do que acontecia em Cuba, mesmo quando gente boa feito o Chico Buarque dizia que lá era legal. Mas o Chico tem cara de que tudo é legal. O Chico, eu e milhões de nós erramos ao votar na esquerda mais próxima. Faz parte. Pior seria votar errado na direita.
Nunca gostei do Fidel, mas sempre achei aquela foto do Che ducaray.
Enfim, concordo com a Veja, já vai tarde.

Nunca gostei de gente poderosa, com essa efemeridade subindo-lhe pela barriga até chegar no meio das idéias como se os culhões fossem de ouro.

Na minha cara de pau democrática, o Maluf e o Fidel são a mesma coisa. Diferente é quem já morreu, tipo o Henfil, Betinho e madre Tereza.

Um comentário:

SombradeSonhos disse...

Mas até mesmo eu, que de política não entendo nada e faço questão de não entender (por mais que isso pareça muita ignorância da minha parte) no fundo, no fundo, gostei da notícia....

E só pra constar, como faz tempo que não passo por aqui, gostei da foto do post abaixo! rs