Egberto Gismonti - Circense

É um daqueles discos que pra botar pra rodar precisa de um certo ritual. Também é daqueles onde o ritual começa depois do primeiro acorde. Tudo gira ao redor de uma limpeza n'alma e clareza na feitura de cristais e maciez na cadência de flocos de algodão. É circense, então é algodão doce. É pra rir e é pra sonhar. Egberto, sempre inspirado, tava pra lá de qualquer um. É lindo.
Hoje tem marmelada?

Um comentário:

Anônimo disse...

foi o 1º disco que dei de presente à Cristiane.