Idiossincrasias dentro e fora do grande império

Daqui uns dias começa a Olimpíada na China e com isso começou um China pra cá, China pra lá e tal, em todas mídias. Chinês curte a China, uma chinoca e um gueto, isso sim. Observando alguns deles com os quais convivo na Apollo Piano, posso dizer que no começo, aquela multidão de atletas vai ser muito bem tratada, serão vistos e respeitados como honoráveis visitantes do exterior que-muito-nos-honram-com-sua-magnânima-visita.

Mas também te digo que lá pro fim do torneio de badminton ou pólo aquático ou qualquer um desses esportes de multidões, lá na última semana das competições, os chineses vão estar de saco cheio de tanto gringo rindo e tirando foto de tudo. Além do fato de que nem todas as medalhas ficarão no peito varonil dos membros do Partido.

Medicina chinesa é balela, meu sinhô. Não engulo pó de barba de tigre branco pra conseguir uma ereção ou curar uma hérnia. Também fica o fato de que a tradicional e milenar medicina chinesa tratava de gente cuja média de vida era de 35 anos. O cara fica só 35 anos tomando xarope de pó de pena de faisão para aquela rinite e depois bau-bau, morre. 35.

Eles e elas são muito teimosos e se convidam como se o seu espaço fosse um mero detalhe, provavelmente, um detalhe deles. Se convidam na tua mesa de trabalho, na tua cadeira e não respeitam o fato de você ser você. Você é algo no universo coletivo do socialismo triunfante e boboca que socaram na cachola deles nos últimos 60 anos.

Quando eu soube que lá não há fila, entendi muita coisa sobre a ordem e o respeito dentro de uma ordem universal pré-estabelecida e que não está escrita em lugar nenhum. Sabe essa coisa de lei da gravidade e mil matemáticas e equações? Pra que fazer conta se ela está aqui e agora e faz a minha bunda ficar grudada nessa cadeira? Essa lei universal é assim, nós vivemos numa boa porque é uma idéia comum. Agora, considere isso num lugar sem fila, sem o respeito pela ordem de chegada. E é um lugar onde a solidão deve ter umas 100 pessoas juntas. É o país do um bilhão de pessoas.

Por essas e outras entendi muito dos chineses que trabalham comigo. Um saco, um bilhão deles.
A tal sabedoria de Lao Tsé e Confúncio e tal, é tudo papo furado. Furadíssimo. É o mesmo estereótipo dos 200 milhões de técnicos de futebol ou do samba ser uma coisa comum a todos.
Conheço gente que detesta futebol e outras que detestam samba. Tem os que não se entusiasmam com feijoada e os que, como eu, troca uma churrascada por uma boa pizza marguerita.

Minha heresia passa do ponto, eu sei. E também sou teimoso, chato, um saco. Mas não sou chinês.

6 comentários:

Kenia Mello disse...

Nei, você está solapando uma sabedoria milenar, meu filho. Cuidado o Big Brother china vai te transformar numa impessoa.

Beijo.

Dani (ela) disse...

esse lance de cultura é complicado...

receber o mundo todo, e "respeitar" diferenças... logo lá, na China.

:)

rnt disse...

AMEI, assim, em caixa-alta, esse post. caralho, Nei.

TARCIO VIU ASSIM disse...

Todos que morrem e não entram no céu reencarnam na China.
-
Isso explica o tamanho da população...
-
... e os comentários de Nei...

Gustavo disse...

Cara, tu é a única pessoa que me faz ter vontade de um dia visitar a china.
Mas acho que se tivesse um desconhecido íntimo israelense e lesse bastante o blog dele, iria acabar querendo ir pra lá também.

Mas é que, sei lá, nunca me interessei por nada oriental, de verdade.




E olha só, descobri que a melhor coisa pra se fazer no trabalho é ler teus textos (é que aqui não faço nada, preciso passar o tempo)
mas a pior é ler as tirihas, fico rindo e o pessoal me olha estranho.
Bem estranho.

Espero que nunca se tenhaolimpíadas no Brasil, acho estranho ser patriota pra ter uma medalha no peito, com o dinheiro que poderia ser usado em educação, inclusive pra se abrir centros esportivos já que gostam tanto de esporte. (embora eu saiba que não usariam a grana pra nada, óbvio) mas que é estranho é.

O texto sobre teus avós é lindo, de uma maneira leve, saca?

abraço então!

Kenia Mello disse...

Nei, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver! :P