O Amor em Garcia Marquez

Nao da pra entrar na discussao livro x filme e cair no lugar comum de que o livro e' melhor. Obvio, pedro bo', qualquer livro vai ser melhor que qualquer adaptacao cinematografica.

Tem coisa que se salva quando o proprio livro fora escrito para ser um filme, coisas do Stanley Kubrick ou outras porralouquices de Terry Gilliam.

O filme O Amor nos Tempos do Colera tem Garcia Marquez pra dedeu. Nao na literatura ou nas entrelinhas magicas do colombiano, mas no humor e na escolha do elenco.

Li uma vez que ele jamais daria os direitos autorais de Cem Anos de Solidao, pois considerava impossivel alguem transportar o universo de Macondo para duas horas de projecao. Apesar de eu achar que O Amor tem muito mais da bagagem literaria de GG Marquez do que Cem Anos, acho que o filme ficou bem acabado, rico nos detalhes, textura, fotografia e dialogos.

E tambem concordo com o autor quanto a Cem Anos ser impossivel no cinema. Macondo nunca sera tema num parque tematico feito Disneylandia, Beto Carrero ou Universal Studio Park. Nem queira, meu cigano Melquiades, em qual recanto do inferno estiveres, que permitam a Globo fazer uma mini ou uma novelargh. Nos basta Dona Flor by Giulia Gam e Edison Celulari.

Se o filme e' piegas? Claro! Olha o titulo! Mas sao personagens que nasceram da batucada de Gabriel numa maquina de escrever e isso faz totalmente a diferenca. Vixi.

3 comentários:

rnt disse...

:)
melquíades, que coisa boa ler esse texto. GGM arrasa. adoro. vou assistir o filme ;*

Dani (ela) disse...

ki diaxo!

devo ter errado o dedo naquele trocinho que roda o cursor... tu já tinha tomado "dardo" nos peitos dia 8, te mandei outro ontem ^^

ok... ok... pode ficar bem garboso :D

bjim.

Patricia Daltro disse...

Esse livro é quase livro de cabeceira, preciso comprar outro, o atual tá com as folhas "amarelas-velhice-anunciada". Mas, sabe que ainda não tive coragem de ver o filme? Acho que um certo pré-conceito anda imperando, o qual pretendo eliminar em breve.