Um filme patati patata com La Bellucci

Vi um filme com La Bellucci e ela foi estuprada no meio da pelicula por um cafetao gay. Nao, ela nao trabalhava pro cara.
A cena ate ficou tecnicamente boa, mas de um mal gosto, mal agouro, sem tesao.
La Bellucci nao merece uma merda dessa no curriculo. Nem no curriculo curriculo.

Tem La Bellucci no Matrix e ela muda tudo com sua presenca incontestavel e magnetica.

Pensei num argumento para um roteiro de um curta.

Um cara muito comum casa com La Bellucci. Nao com uma personagem de La Bellucci, mas a propria. Casa linda, modernosa, requinte para ir do terraco ao lavabo, saca? Rua larga, pouca iluminacao. Lua-de-mel num iate nas cidades costeiras no Mediterraneo, sul da Espanha, da Franca, Italia e Grecia. Y la Bellucci todos los dias, maio biquini, nua, vestidos, sarongues e oculos escuros. Dezenas.
Voltam para casa.
O cara pendura um poster em tamanho natural de Monica Bellucci na parede do quarto, moldura folheada a ouro, de frente para a cama, local nobre.
Expulsa La Bellucci do quarto, diz que ela nunca mais vai entrar ali, que ela e' Made in China, dumping, falsificada, canalha.
Fim.

Nenhum comentário: