Comida é pasto

Domingo passado fomos ao Raizen Restaurant em Iwata comer teishoku (mais ou menos traduzido como "prato feito"). O missoshiro com kani (uma espécie de carangueijo gigante de Hokkaido) dos caras é um desbunde.
O grande lance de um prato japones é que primeiro você come com os olhos. A distribuição dos acepipes é uma pequena obra de arte.

"Yassai Furai Teishoku" - detalhe nas cores dos molhos.

"Sashimi Gossen Teishoku" - cujo peixe fatiado estava se mexendo, abrindo e fechando a boca.

4 comentários:

Abel disse...

Pouracaso tinha uma maquininha dentro da boca do peixe ou... Um dia a gente vai clicá numa foto d'A Estrovenga e a comida vai se materializar na frente da gente. Até lá vamo babano... Desbunde: meu Deus, nem me lembrava mais dessa gíria da minha turma de faculdade, droga e roquenrou dos 1970!

Kenia Mello disse...

Hummm, parece delicioso, pros olhos e pra boca também. :)
Beijo.

Diego? Glommer? disse...

Putz... acho que nem teria coragem para comer um prato tão bonito. O.o


Vixe... sobre o roubo do blog é até meio complicado te explicar por aqui. Mas posso te mandar um e-mail, sei lá... hehe!

Ah... te indiquei para um selo. Passe la´depois para pegar.


Abraços
.

http://solucomental.blogspot.com

TARCIO VIU ASSIM disse...

Muito nefasta a notícia do peixe, coitado, vivo e fatiado! Isso é verdade? Eu não consigo imaginar alguem comendo isso, meu cumpadre.