Conseguiram!

Com a crise mundial, os chefes de onde trabalho querem cortar pessoal, custos, prejuízos. É evidente, é assim que funciona o capitalismo.

Mas bocoiós como são, inventaram regras muito bocoiós para que nos tornemos bocoiós como eles.

Uma delas diz: "Cumprimentem-se alegremente em alto e bom tom".

Todo mundo se cumprimenta, a não ser os desafetos entre si, o que implica num respeitoso silêncio político de pessoas adultas que trabalham juntas. Natural.

Há uma silenciosa e nunca escrita regra hierárquica japonesa que diz que o superior não diz bom dia primeiro, é obrigação do subordinado - um eufemismo, afinal se um lhe é superior, ao outro cabe ser inferior - cumprimentá-lo.

Querem que todos os estrangeiros virem puxasacos, é isso.

Chefes asiáticos adoram bajulação por conta de Confúncio e seu confuncionismo, as regras do gordo e milenar dentuço chinês. Tais regras formam um conjunto de normas invisíveis que formam o caráter de todos asiáticos dentro de casa, na rua, numa empresa. Até trepando, acho. A nós, latinos greco-judaicos cristãos, resta ler tal circular, fazer um comentário jocoso e assinar.

Eu quero é que todos vão para a grande puta que os pariu, a imensa, a escrota, a doentia e venérea.

8 comentários:

rnt disse...

"Eu quero é que todos vão para a grande puta que os pariu, a imensa, a escrota, a doentia e venérea."

O_o


vc acabou de revolucionar o xingamento, Nei. outro nível.

Kenia Mello disse...

vc acabou de revolucionar o xingamento, Nei. outro nível. [2]

Todo emputecimento do texto claramente percebido. Câmbio.

Beijos.

Erika disse...

Nossa, eu tava querendo repetir isso por aqui... mas não posso, infelizmente. Beijo.

chá verde disse...

ola (estou sem agudos no teclado e paciência para a as novas regras da tia portuga!). As formiguinhas japonesas continuam a seguir suas regras de disciplina samurai ate mesmo na crise! E com certeza, ate trepando! Meu blog não eh tão novo assim...
Sim, Regina!
Passe sempre por la! abraço.

SÃO PAULO URGENTE disse...

Quem paga somos nós que só desfrutamos do capitalismo sempre desconfiados....Repito é uma merda.

Dani (ela) disse...

nasce de novo filho, dái quem sabe vc progride e recebe um bom dia, um dia he he...

^^

Diego? Glommer? disse...

Cara, deve ser muito estranho ter que aguentar todas essas regras de conduta asiáticas.

Ainda mais pelo fato delas terem caído como uma luva para o capitalismo aí. Essa coisa da submissão é ótima para quem visa lucros e explorar ao máximo seus funcionários.

Abraços
.

http://solucomental.blogspot.com

LuMa disse...

Nei, se puder encontrar, te recomendo o filme "Tutta la vita davanti", de Paolo Virzí, cujo tema é o mercado de trabalho destes tempos globalizados. As estocadas para incentivar os trabalhadores com música, ginástica e dança são modelos americanos importados dos japoneses, cujo indivíduo é um número que deve apenas produzir. Vale a pena ver. Recomendo tbém todos os filmes dos ingleses Ken Loach e Mike Leigh, sintonizados com o mesmo tema - sobretudo o primeiro diretor. Os filmes comentam por mim. Abraços!