Ovos

Hoje é Páscoa, dia de comer ovos de chocolate.

No Japão não tem essa tradição não. Chocolate para presente rola nos dias de São Valentino, em fevereiro (ela dá pra ele - uma redundância?) e no White Day, em março, onde ele dá pra ela. Os pacotinhos são bem bonitinhos. Aquece bastante o comércio dos docinhos de cacau. Rola de Godivas a Nestlés.

Até o ano passado, as lojas brasileiras faziam a decoração da Páscoa com aquelas cavernas de chocolate, com centenas de ovos de todos tamanhos pendurados brilhando seus celofanes que são assim desde a minha infância.

Nanci e eu nunca compramos ovos de Páscoa. Não que não quiséssemos. O fato é que o chocolate japonês é bem melhor.

Nesse ano a coisa está feia, nem um coelhinho. Não que eu frequente várias lojas, são poucas e as tais estavam comedidas com seus estoques. Até tinha um ovo ali, outro acolá. Mas tudo muito pequeno e denotando a crise mundial.

Básicos. Estamos básicos. Fica claro que as comemorações estão e são esvaziadas e recatadas.
Tomara que isso tudo passe e as cores voltem em forma de ovos ou noéis.
Pelas crianças, pelo menos. E feliz Páscoa pra você.

3 comentários:

LuMa disse...

Pra vc e pra sua companheira tbém, Nei. Vc tirou as palavras da minha boca. Entre ovos com trocentos quilos de açucar e o choco japonês, prefiro este último. Alguns excessos de marketing como cavernas de ovos meno male que eu não sinto tanto na pele por aquí. No entanto, este clima nebuloso da crise não é diferente daí. A propósito de 2 coments meus que (sobre blues e jazz) sumiram nos posts anteriores, esta semana quem está no Blue Notes Milano(a 50 metros, na quadra de frente de casa) é Hitomi Uehara, creio que vc conhece. Qdo vier de novo, fique em casa, menino. Blues e jazz, se não levantam, ao menos afundam de vez o astral(rs). Abraços e boa Páscoa!

Dani (ela) disse...

num gosto de chocolate. não dói passar nessas cavernas e não levar nada.

ninguém acredita ^^

SÃO PAULO URGENTE disse...

COMI OVO!!!