Caderninho de psicanalista

Feriadão, somem blogueiros, leitores, canções.

Na literatura restam 15 páginas, se muito. É melhor guardar para a noitinha. Toda essa gente sabe que vale o escrito.

Café, o terceiro de hoje. Vou dormir em pé, de novo.

2 comentários:

LuMa disse...

E eu que caí da cama às cinco? Tem um pub aquí perto e uma moçada ficou conversando a alta voz, do lado de fora, até há poucos minutos. Me levantei pensando em kalashnikov, mas aí me lembrei das baladas em que fui antigamente e resolvi, quietinha, fazer o meu café(rs). Tá um belo dia por aquí. Beijos

Abel disse...

Aqui, me passa a receita de como dormir em pé porque tô esgotado de ficar sem dormir deitado.