A gente mentindo, a lua e tudo mais

Ontem comemoraram os 40 anos da nossa chegada na Lua. Eu digo nossa porque mesmo não sendo norte-americano, não gostando de voar e sem jamais ter chegado perto do Cabo Canaveral, eu acho que o pequeno passo de Neil Armstrong é de todo mundo mesmo, é o tal salto da humanidade.
E tem gente que quer cortar o barato e dizer que é uma mentira bem feitinha pelo governo Nixon e pelos estúdios de Hollywood com direção de Stanley Kubrick.
Mas nem mentir direito o governo Nixon sabia, vide o caso Watergate.
Mas o tal salto da humanidade serviu para que?

Se tudo isso for veramente uma mentira, que belo engodo a história deve carregar e a gente levar nas idéias.
Mas de tanto dizerem que do outro lado do Atlântico estava o Eldorado, o Paraíso Terrestre e mais teluricamente, as Índias, Colombo conseguiu a grana e os navios para chegar bem perto de um grande foco de malária e febre amarela, isso sim.
Uma pá de gente com uma imaginação muito fértil e papo bom.

Tem um grupo de malucos que acha que a terra é plana e outro tanto que acha que Elvis está vivo e ainda mora no segundo andar de Graceland.
Mas para que Elvis estaria vivo? Para fazer de conta que morreu?

5 comentários:

Dani (ela) disse...

tão tentando fazer o mesmo com o Michael...

(mitificação, saca?)

^^

josue mendonca disse...

eu queria pisar na lua!

Punksauro Nei disse...

eu queria pisar na terra!

Abel disse...

Fiquei anos sem entender por que alunissaram meia dúzia de vezes e nunca mais. Até ler que tudo não passou de uma necessidade da sociedade mais poderosa da Terra, a dos geólogos. Satisfeita essa necessidade de ter em mãos rochas vindas da lua para fechar o entendimento geológico da Terra, as alunissagens perderam o motivo. E de quebra, todo o gasto posterior com papo extratosférico.

Abel disse...

Ah, e há uma bela teoria em que não só a Terra é bidimensional, mas todo o Universo. Baseada no raciocínio de que a tridimensionalidade seria puro desperdício.