Mãe só tem uma

Hoje falei com a minha mãe pelo telefone. Não é um fato periódico e agendado, ligo quando da vontade. Isso acontece de mês em mês, às vezes a coisa é bimestral.

Não entendi direito, mas ela assistiu a um documentário na tv as três da madrugada sobre física quântica e no final, pensou: “É, o Nei tinha razão”.

Continuo sem entender física quântica e certas razões da mama.

2 comentários:

LuMa disse...

A mãe só tem uma, e por coincidência ou por lapso, o filhote tem razão, sim, rs!

Kenia Mello disse...

Ah, as mães têm a fina razão contida desde sempre nas entranhas do mundo, vá lá entender... :P
Beijos.