Eu sou Cérbero

A pessoa vê um pc numa vitrine.
Depois na casa de alguém.
A pessoa aprende a mexer num pc.
Compra um – naquela vitrine – leva pra casa, monta, preenche uns cadastros, entra na internet e tcharam! A magia do google esta no seu colo.
A pessoa começa a achar que tem mais coisas no google que no planeta, no universo.
Um dia a pessoa resolve pesquisar “foto do diabo no inferno”, cai aqui.

Pobre alma. Reze.

4 comentários:

LuMa disse...

Há, isso mostra que viagens pelo universo Google é uma odisseía dantesca,rs. Agora tem que decidir, Nei. O Estrovenga é um inferno ou paraíso,rs?

Punksauro Nei disse...

Eh o inferno de quem acredita no paraiso.
E nao eh vice e versa.

Erika disse...

Mas que mundinho pequeno, heim? Beijo.

Dani (ela) disse...

dou muita risada.

:)