Do famoso manual “Como Matar Piolho com Marreta”


Deve existir um céu só de arquitetos. Um inferno também.

Esse escorregador fica na frente de um hospital na cidade de Shizuoka.
Como o Japão é um país fadado a grandes terremotos de tempos em tempos e Shizuoka está bem próxima do presumível epicentro do Terremoto de Tokai, eles criaram esse trambolho para facilitar a saída das pessoas, sem pânico nem correria, acreditam.
Durante um terremoto, um incêndio, um sequestro ou sei lá, um bate papo com o Faustão, você escorregaria nisso?

(Dizem que o Tokai acontece a cada 150 anos e já era pra ter acontecido)

2 comentários:

LuMa disse...

São geniais, esses caras. E quem liga pra estética nessas horas? Sou primeira a escorregar rapidinho.

Tive um cliente de Kobe qdo deu aquele terremoto em 95(?). Ele veio 2 meses depois do desastre e me contou tudo que passou sua família, coisas de arrepiar. Cê sabe, japonês não perde compostura mesmo que esteja em pânico. Sem perder a racionalidade e senso de organização, se refez em pouco tempo.

Dani (ela) disse...

iiiuuuuuuHuriiiiiiiiiiiii!!

:)