Descoberta a vuvuzela da África na cara do Galvão

É um inseto gigante que fica flutuando em cima de todos os estádios.
E zumbe e zumbe e zumbe.

Pode ser uma vespa ou aquele BESOURO-CATA-BOSTA que colocaram na cerimônia de abertura.
Coisa de afro-japa-monster-godzilla, pra ser polititicamente correto.
Mas que enche o saco, enche.

Pelo menos o Galvão não fica nítido.

Nenhum comentário: