Pois é

Cada vez que falo com a Nanci pelo telefone ou MSN ou penso nela ou qualquer coisa onde ela seja o foco da minha atenção, reconheço que o meu país, meu porto seguro, meu solo sagrado não é mais o que está escrito na capa do meu passaporte.

O meu país é o meu castelo e a minha rainha - e não importa em qual nação esteja tal endereço.

3 comentários:

rnt disse...

quilindo quilindo que muito legal. :)

Maíra disse...

Dá saudade ficar longe daquela pessoa que convivemos todos so dias, que acordamos e dormimos juntos... I know it. You have to go home.

Besos

Taty disse...

Ahhh que lindo!!! :)