Saiba o que revelam os arquivos secretos da guerra no Afeganistão

O site Wikileaks voltou à mídia internacional neste fim de semana ao divulgar mais de 91 mil documentos secretos com detalhes da guerra do Afeganistão que os Estados Unidos preferiam manter dentro das paredes do Pentágono.

Entre as informações que vieram a público ontem está a existência de um destacamento militar especial para capturar ou matar insurgentes sem direito a julgamento.

Em um dos maiores vazamentos da história militar americana, os arquivos, que vão de janeiro 2004 a dezembro de 2009, mostram ainda que o Taleban está mais forte do que no início do conflito, em 2001, e que centenas de mortes de civis deixaram de ser relatadas oficialmente.
Veja algumas revelações dos documentos:

PERSEGUIÇÃO
Existência de destacamento militar especial cuja função é capturar ou matar insurgentes, sem direito a julgamento.

PAQUISTÃO
Fortes suspeitas de que o serviço secreto paquistanês mantém encontros com insurgentes afegãos para ajudá-los na luta anti-EUA.

AVIÕES
Uso cada vez mais frequente dos chamados drones (aviões não tripuladas), embora os resultados sejam piores que o divulgado. Há casos de drones que caíram e que se chocaram.

CIA
Expansão das atividades da inteligência, líder em planos de emboscadas, ataques aéreos e incursões noturnas.

Deu na Folha Online

Nenhum comentário: