Abre o zóio, japones

51% na pesquisa, tia Di? Parabéns.

A nossa gente pindorama gosta desse paternalismo vulgar, não se preocupe.

Cada dedo que encostar no botãozinho da sua foto será mais um dedo na mão do cabresto que arrasta e domina esse país, junto aos sindicatos, estudantes, camponeses, mídia e até mesmo a oposição. Não há mais oposição.

Todos na palma da mão do regime. A mão de milhões de dedos do regime pseudo-getulista do neo-coronelismo de cobertura, elevador exclusivo, smartphone, ecopapos e dólares na cueca.

Não há nada a fazer. Só nos resta assistir essa monstruosa larica de poder que bate no estrombo da tua galerinha ser saciada sem decência, nem ética, nem saudade.

O partido passarinho e seu candidato de oposição também são uma piada.

O Brasil é maior e melhor do que qualquer eleição sem vontade de votar.


2 comentários:

TARCIO VIU ASSIM disse...

Simplificou demais, véio Nei. Não sei falar pelo resto do Brasil, mas posso falar pelo sertão nordestino onde vivi e vivo. Só quem nasceu e mora aqui sabe e sente a diferença de hoje para 7, 10, 15 anos atrás. Ainda não é o paraíso, ainda está longe do ideal... mas é uma realidade econômica/social absolutamente melhor. Não basta repetir as ladainhas da mídia elitista (e preconceituosa contra nordeste/pobres) ou os bordões burgueses contra governo "popular" para tentar explicar o Brasil de agora.

Nei kS disse...

Sim, claro, Tarcio. Somos parte de dois mundos diferentes.

E eu faço oposição até quando sou situação. Meu inconformismo com qualquer forma de poder supera ideologia ou realizações governamentais.

Apesar de sua clara e sempre benvinda explanação sobre a realidade do sertão, não acredito na boa fé dos poderosos. Jamais!

Saudades de falar contigo, mano.
Abraços!