Boatos são apenas boatos

É que chegaram nuns e-mails.

Tem um brasileiro vendendo água a preço extorsivo, seis vezes mais caro.
Não sei de nada, tampouco acredito que essa extorsão esteja acontecendo. Se chegar alguém com um preço desses, é denunciado. Depois da denúncia, não sei, pode ser que pague uma multa.
As notícias sobre os brasileiros são basicamente duas: os que estão sendo retirados paulatinamente pela Embaixada brasileira e os voluntários que estão levando caminhões de alimentos, roupas, mantas, cobertas e futons.
A Embaixada brasileira está trabalhando junto à Cruz Vermelha do Japão. E está com atendimento 24 horas.
Conta-se que um grupo de voluntários brasileiros não conseguiam localizar os patrícios nos abrigos pois os mesmos não tinham nomes ocidentais, apenas nomes japoneses.
Um deles teve a idéia de visitar os abrigos enrolado numa bandeira brasileira, deu certo. Vários brasileiros foram localizados e resgatados.

Há um grupo de operários suicidas trabalhando junto aos reatores.
Eu que trabalho com pianos tenho exame médico anual com um ônibus-ambulatório parado no estacionamento - raio-x, urina, vista, basicamente.
Agora imagine um cara que trabalha numa usina nuclear e todas as regras que regem tal local de trabalho.
E todo mundo que vai trabalhar num local desses sabe que o buraco é mais embaixo, que se por acaso o bicho pegar, ele mata e come.
Sim, japoneses são meio obcecados com o trabalho, a empresa, motivação. Mas não creio que seja até a morte.
No entanto, há notícias que contam de funcionários de grandes montadoras de automóveis que excedem a carga horária diária + horas extras e acabam morrendo de ataque cardíaco ou outros males causados por esse tipo de auto-abuso.
Nos dias posteriores ao grande tsunami, 50 operários mantiveram seus postos tentando controlar a temperatura dos reatores. O mundo viu que foi impossível e todos foram retirados do local.
Ficaram conhecidos como "Os 50 de Fukushima".

A radioatividade foi detectada na costa da California.
Sim e não. Até o começo de setembro, ou seja durante toda a primavera e verão, o vento sopra de oeste a leste, indo em direção ao mar. Depois do mar há terra e é os EUA, mas o Hawaii e não a California.
Parece óbvio que os resíduos sejam detectados no Hawaii. Mas a quantidade de radioatividade é irrisória.

Há a proibição de consumo de alimentos e isso denota uma catástrofe maior do que a mídia ou o governo apregoam.
O fato é que aquela região do Japão é agrícola. Há muitas indústrias, como em todo o território japonês, mas por lá a agricultura impera, por isso pedem para não comprar alimentos oriundos da região.
Mas deve ser em Tokyo, Yokohama e outros grandes centros. Aqui em Hamamatsu consumimos produtos locais, verduras, chás e arroz. Provavelmente, essa região e outras distantes de Fukushima irão suprir os mercados de Tokyo, além das importações.
E também é óbvio que proibam o consumo de vegetais próximos às usinas.

Verticalização do eixo da Terra e sumiço do Japão.
Dizem que o eixo da Terra deslocou-se entre 10 a 25 cm.
Para esquerda ou direita?
Quem brinca com Google Earth sabe das proporções planeta > continente > país > cidade > bairros > ruas > minha casa > uma pessoa na rua.
Se vermos o Japão pelo mesmo prisma, teremos uma surpresa: o Japão é pequeno, mas é grande. Tem quase a mesma área do estado de São Paulo, só que comprido. Pra afundar, teria que destruir uma cadeia de montanhas no interior chamada de Alpes Nipônicos. Ou afundar o Monte Fuji que tem 3765 metros.
Claro, se compararmos com a área do Brasil, o Japão é minúsculo.
Cabem 25 Japões dentro do Brasil.
Há um boato entre os brasileiros daqui que se o Monte Fuji entrar em erupção, essa ilha se divide em duas.
É mais fácil o Corinthians entrar de camisa verde em campo do que rachar Honshu.
Honshu é a maior e principal ilha do arquipélago.

O governo japonês não merece o povo que tem.
Essa não é boato não.

9 comentários:

rnt disse...

*ufa*
:)
devia tar na primeira página do uol esse post hënn

Nei kS disse...

o uol nunca terá meu uau.

Lu Farias disse...

Melhor lugar pra ter notícias do Japão é aqui (mas prometo continuar vindo mesmo depois :-)))

beijos!

Camilo disse...

Esse da água eu vi num blog (não vou citá-lo) de um brasileiro no Japão. Como a gente tá meio que acostumado com o "modus operandi" de alguns malandros...

De qq forma, extremamente esclarecedor este post.

Boa, Nei!

PS: Corinthians de verde é o apocalipse! São Jorge nos livre!!!

Lamps disse...

Se você tá dizendo, eu acredito!
:o) Bjo

Nei kS disse...

Cuidado, Lamps.
Este blog é um boato.

Paola disse...

Nei,
eu adoro o seu jeito de contar as coisas... e quanto aos corinthianos? Eu bem que queria vê-los de verde e branco!
bj
Paola

Lamps disse...

Hahahaha, Nei, assim vou ficar com ansiedade persecutória! Escolhe.

Bem disse...

Os 50 de Fukushima
http://www.dailymail.co.uk/news/article-1369216/Fukushima-Fifty-First-pictures-emerge-inside-Japans-stricken-nuclear-power-plant.html

Se bem que e uma materia do Daily Mail...