Sudão do Sul, o país bebê




Bem vindos ao mundo, gente boa do Sudão do Sul.

Com todas essas brigas internas, vocês já sabem de antemão que o mundo não é nada fácil.
Entre um dia e outro, refeições, bejinhos, sorrisos, diversões e afazares, o que vale mesmo é grana e poder.

Aprendam que mesmo não sendo protagonista de disputa alguma, o humano, o fator humano, eu, vocês ou um cara lá no Alaska, o social, o anti social, todo esse blablabla faz de nós cúmplices de alguma disputa que ocorre sem que saibamos.

Mas sua presença, invisível e contida, é contada e somada aos votos - jamais revelados - e sua participação inócua está garantida. Geralmente é assim que os famosos, ricos e risonhos do hemisfério norte fazem e acontecem.
Tapinhas do ocidente, beliscões do oriente, sorrisos do norte, acenos do sul. Todos contam com vocês como se fossem velhos conhecidos.

Para a maioria das pessoas, o Sudão é apenas um território num mapa colorido de um jogo de estratégias e simulação de guerras. Eu também não vou muito longe disso, admito.

Mas, nesses dias vocês são o país mais famoso do mundo.
Toda a mídia está falando do seu nascimento.
Aproveitem e façam o melhor.

Cuidem das crianças, da educação, da papinha, da merenda e das festas para elas.

Façam com que brinquem toda a vida, do zero aos cem.

Nunca deixem nenhuma criança sudanesa do sul chorar de fome, vergonha ou raiva.

É uma oportunidade única, vocês também são um país-bebê.

Cuidem da democracia. De todas as fórmulas que pensamos de convívio social desde os idos das cavernas, é a que menos atrapalha na hora de querer pensar por si.

É bom pensar por si, faz bons artistas, autores, atletas, intelectuais e cientistas.

Espero brevemente torcer pelo Sudão do Sul numa copa do mundo.

Gosto do nome de vocês. Podia ser Letão do Leste, Notão do Norte ou Oetão do Oeste. Que nada, Sudão do Sul, percussivo, forte, aumentativo desde a origem.

Eu não acredito nessas coisas, mas dizem que somos do mesmo signo e isso deve ser bom sinal.

Boa sorte e sei lá, quem sabe eu dê uma passada prum café.

Inté.

Nenhum comentário: