Foi

Foi dar uma volta no quarteirão para fazer digestão de rabada, arroz branco e salada maionese e levou chave, celular, lanterna, carteira com documentos e dinheiro, duas balas de hortelã e o mp3 pra desanuviar.
Foi.
Foi pescar na beira do lago para relaxar, levou molinete com gps, isca artificial com medidor de profundidade e velocidade do peixe ou da correnteza, boné com aba comprida que usa virado para trás, cadeira com encaixe para copo, garrafa e vara de pesca, cinco sanduiches de rosbife e cheddar, um box cooler com cerveja, água mineral e água isotônica, óculos de sol, câmera fotográfica, celular, lanterna, carteira com documentos e dinheiro, duas balas de hortelã e o mp3 pra desbaratinar.
Foi lavar o carro depois de quatro dias ininterruptos de chuva e vento, levou dois baldes, panos, três esponjas, xampú para lataria, limpa-pneu, limpa-vidros, limpa-painel, limpa-bancos, silicone líquido para pneu, mais panos, óculos de sol, celular, carteira com documentos e dinheiro, duas balas de hortelã e um cd no talo do Jesus and Mary Chain para acordar.
Foi casar depois de cinco anos de noivado, levou os pais, o irmão mais novo, a namorada dele, a irmã mais velha, a namorada dela, os sogros, dois cunhados, uma concunhada, dois sobrinhos, um de colo, vários amigos e amigas da agência, alguns amigos da faculdade, quatro brothers do colégio, um amigo de infância, o fotógrafo, o tio paraplégico, a tia desquitada, o primo distante descabelado, a empregada que trabalhou com a avó e há anos trabalha com a mãe porque a avó mora com a mãe, o cameraman, outro primo, a prima gostosa, o namorado dela e o carrão dele, um padre, dois violinistas, um violoncelista, uma flautista, três damas de honra, celular, carteira com documentos e dinheiro, duas balas de hortelã e estava assoviando a marcha fúnebre no altar quando a prima gostosa chegou no ouvido dele e disse fudeu.

Nenhum comentário: