Sebo é bão



Todo ano leio, releio, folheio um livro de Gabriel Garcia Márquez.
Faz vinte anos que eu faço isso, ano por ano.
É um ritual, uma necessidade cerebral.
Muito mais da alma, se é que conta.
Em 2010 estive no Brasil e fui ao Sebo da Visconde, na cidade de São José dos Pinhais-PR, onde eu "moro" agora.
Nesse sebo achei um Gore Vidal por 5 reais. Esse García foi 2.
Tomara que o sebo esteja lá.
Coisa fácil de fechar é sebo, cinema, teatro.
É triste e conceitual.

3 comentários:

Diva L. disse...

Isso é fato, fecham rapidinho. Aqui no Recife vários cinemas históricos fecharam e deram lugar as lojas. Uma pena.
Tomara que o sebo ainda esteja lá, mas qualquer coisa, vem pra cá, temos uma praça só de sebo. É bem aconhegante, dá pra trocar umas ideias. Fica a dica...rs

Bjo grande e abraço na alma.
Diva L.

Bem disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bem disse...

No Rio, um bom lugar para encontrar sebos é na região da Praça Tiradentes. Aquela mesma onde o restaurante foi pelos ares na semana passada. Lá tem sebos para todos os gostos e bolsos.