Yabadaba Buda três

- Agora somos sete bilhões...
Mas todos tão sozinhos!

Nenhum comentário: