Dane-se o tempo

Tinha um cara.

Esse cara estava atrasado.

Ele tinha uma poesia na cabeça.
Dane-se o tempo.

Esse poema falava e ecoava e ricocheteava.
Quase gritava.

Dane-se o tempo.

Nenhum comentário: