4 pequenos diálogos engavetados

1.
- Então, todo que lhe restou foi tentar o suicído?
- ...
- E o que lhe impediu de pular antes, segundos antes, minutos antes, dias antes?
- A vida.
- A sua vida?
- Não, a sua. Se você já estivesse morto, eu teria pulado há duas horas atrás, exatamente na hora que você chegou.

2.
- Puxa, que frio!
- Frio, muito frio mesmo.
- Tanto frio que faz a gente esquecer o calor, não?
- Não sei. Se está frio e eu sei que está frio, é porque penso no calor.

3.
- Então você parou de roer unhas, que bom.
- É.
- Parou porque?
- Porque peguei uma virose danada, dores de barriga, diarréia intempestiva, fiquei internado duas semanas.
- Se não fosse a doença, você ainda estaria roendo?
- Claro, estaria lambendo até a sua mão, seus pés...

4.
- O doutor Marco Aurélio nadou nesta pscina hoje?
- Não sei não senhora, ele veio aqui de manhã, trouxe uns pacotes... que estão ali na cozinha.
- Leve os pacotes para o meu quarto e esvazie esta piscina, já.

Nenhum comentário: