Outros diálogos engavetados

1.
- Paredes tristes, doutor, talvez mereçam umas cores novas, mais vibrantes.
- Gostamos desse tom claro esverdeado, dá uma ligeira sensação de natural frescor. Mas anotaremos sua sugestão, senhora.
- Meu filho não gosta desse tom esverdeado. Ele disse que parecia uma mancha de musgo numa folha de alface.
- Seu filho já esteve aqui?
- Não, mas seria interessante. Já te falei que quando ele era vivo, trabalhava de pintor?

2.
- Nunca gostei desses bairros pobres. Odeio vir buscar a babá da Mirthes quando acontecem essas chuvas que param a cidade.
- É, esse lugar é bem sujo.
- Só sujo? É no-jen-to! Uma vez vim trazê-la porque era uma greve de ônibus. Passei num lugar ali atrás e tinha um bando de meninos fazendo xixi numa parede. Bando, amiga, bando.
- Mas porque ela não mora com vocês?
- Onde? Eu tenho coração de mãe, amiga. Não ia dar para ela caber naquele quartinho da área de serviços.
- É, eles fazem uns quartinhos minúsculos.
- E também não ia caber a cama e o berço.
- A Mirthes ia dormir com ela?
- Imagina, claro que não! Ela tem um filhinho. Dá até dó.

3.
- ... se eu ligo o aquecedor, a conta de luz fica um absurdo de cara.
- É foda, tá frio mesmo. Pior é que tem nev...
- Se eu não ligo, fico congelado, mesmo com blusa, jaqueta de snowboard, cobertas.
- Se correr o bicho pega, se fic...
- Posso até pegar uma pneumonia e dá-lhe gastar grana com médico, internação, essas merdas.
- Você tem outras opç...
- Tenho nada, é frio e acabou.
- Faz o seguinte, se mat...
- Boa idéia.
- E vai tomar no c...
- Ué, desligou.



Nenhum comentário: