Yabadaba Buda - nono

Certa manhã no Largo do Arouche.

- Meu, amigo, rosas, ou tulipas? - perguntou o floreiro a Yabadaba.

- Sei lá. São dez mil céus entre a semente e o odor.

- Mas...

- Aproveite o instante - e inspirou.

Nenhum comentário: