Imagens

Noite clara de lua muito branca dos olhos fecharem de tanta lucidez.
A lua entra pela janela e desenha a janela no chão de tatame.
O tatame abraça a lua e abraça a imagem e não cabe em si de tanta felicidade.

Eu queria um maço de rosas nesse meio de conversa 
mas as rosas, as rosas são as rosas.


Um comentário:

Rita Almeida Pinto disse...

Bons sonhos, amiguinho, sempre